BANNER 1


O foragido da justiça, com mandado de prisão em aberto, Francisco Adriano Alves da Silva, "Cabeção" 35 anos, natural de Russas no estado do Ceará, foi preso na manhã desta quarta-feira (6)  durante uma operação do Ministério Público do RN no Conjunto Malvinas, bairro Dom Jaime Câmara em Mossoró.

A Operação do MPRN que conta com apoio da PM, denominada "Operação Thatcher", uma alusão a dama de ferro, Margareth Thatcher  de flagrada na manhã de hoje na capital do Oeste Potiguar, visa dar cumprimento a mandados judiciais contra membros de facções criminosas que atuam na cidade.

Francisco Adriano, estava com mandado de prisão em aberto, expedido pelo juiz da 17ª Vara criminal da Comarca de Natal, Dr. Henrique Baltazar Vilar dos Santos. Ele tem condenação de 5 anos e 6 meses de prisão em regime fechado, por crimes de roubo (artigo 157) e porte ilegal de arma de fogo de uso não permitido, (art. 16).

No momento da prisão, efetuada pela equipe do ROCAM do 12º BPM, em apoio ao MPRN, o foragido estava com um revolver calibre 38 municiado, roubado de uma empresa de vigilância no estado de São Paulo. Francisco Adriano, que segundo a polícia é um dos líderes da facção criminosa PCC na região das Malvinas, foi conduzido à Delegacia de Plantão, onde foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e recepção.

Após os procedimentos adotados pelo delegado Luiz Fernando, que comandou o plantão da terça para a quarta feira, o foragido foi encaminhado ao sistema prisional de Mossoró e ficará a disposição da justiça da capital Potiguar.

Fim da Linha



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem