BANNER 1


Os quatro assassinos do policial Antônio Ferreira da Silva Junior, de 49 anos, na noite de sexta-feira, 20, são os mesmos que atiraram na boca do mototaxista Francisco Carlos de Oliveira.

Outra constatação estarrecedora feita pela Polícia Civil é que todos acusados são menores de idade. Após atirarem no mototaxista perto da Rebouças do Centro, os quatro fugiram na direção do Santo Antônio.

Nas imediações do Senai, os quatro atacaram o policial Ferreira Junior, que estava numa moto na frente da casa da mãe aguardando o portão ser aberto para ele entrar e visita-la.

Um dos quatro menores que estavam na carroça já se aproximou atirando do policial. A bala acertou o ombro do policial, que caiu. O menor tentou se aproximar, possivelmente para pegar a motocicleta.

Entretanto, o policial Ferreira Junior esboçou uma reação e o assassino fugiu junto com os outros na carroça. O policial foi socorrido para UPA mas não resistiu ao ferimento.

Policiais militares e civis iniciaram uma caçada aos assassinos. Minutos depois, policiais entraram em confronto com suspeitos na região da Estrada da Raiz, no bairro Santo Antônio.

Denilson da Silva Alves, de 13 anos, e Elias Kennedy Dantas Rocha, de 15 anos, foram baleados e levados para o HRTM. Os dois já chegaram à unidade hospitalar sem vida.

Ainda na noite de sexta-feira, 20, homens mascarados mataram Diego da Silva Alves, de 15 anos, e raptaram Bruno da Silva Alves, de 17 anos, no Bairro Santo Antônio.

O corpo de Bruno da Silva Alves foi encontrado na manhã de sábado, dia 21, crivado de bala nas imediações da Granja São Camilo D’Lellys, que fica na região Oeste de Mossoró.

Os policiais civis que investigam o caso disseram que Diego e Bruno não estão envolvidos no ataque ao mototaxista e ao policial. Eles são irmãos de um dos menores que estava envolvido e morreu em confronto com a policia.

Este caso de execução e rapto seguido de execução deve ser investigado a parte pela Divisão de Homicídios de Mossoró.

Em entrevista a repórter Adriana Mendes, o delegado Inácio Rodrigues de Lima Neto, da Delegacia Geral do Interior, confirmou que os assassinos do policial eram os mesmos que atiraram na boca do mototaxista.

Inácio Rodrigues revelou que o dono da carroça, também menor, se apresentou na Delegacia de Plantão, para dizer que sua carroça havia sido roubada pelos menores que cometeram os crimes.

Inclusive, este menor identificou os demais envolvidos, confirmando que de fato Denilson Alves, Elias Kennedy estavam diretamente envolvidos com o ataque ao policial e ao mototaxista.

Este menor que se apresentou na Delegacia de Plantão, se dizendo inocente, a policia decidiu por apreende-lo. Vê indícios fortes de que ele também está envolvido. Para o delegado, resta só um menor que já foi identificado ser detido.

Com o recolhimento do quarto envolvido, o delegado Inácio Rodrigues disse que o caso será encerrado.

Enterrado com honras

O corpo do policial Ferreira Junior foi sepultado no final da tarde de sábado, 21, com honras da Policia Civil e também da Policia Militar.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem