BANNER 1


Um grupos de mães desistiu de realizar um bazar para compra de insumos para crianças diabéticas. Motivo é que a Prefeitura de Mossoró cobrou uma taxa para que elas pudessem ocupar uma praça pública.

O bazar seria realizado no dia 07 de dezembro, na Praça Felipe Guerra, e tinha o objetivo de suprir justamente a falta de insulina dos pacientes diabéticos.

O problema é que ao informar a realização do bazar na Secretaria Executiva de Urbanismo, as mães foram surpreendidas com a cobrança de uma taxa de R$ 97,00 pela ocupação da praça pública por 4 horas.

“Fui na secretária de urbanismo pedir autorização pra fazer o bazar. Depois que eu entreguei uma papelada que eles pediram, ligaram pra ir pegar a autorização. Quando cheguei lá eu tinha que pagar primeiro os 97,00 para poder pegar a autorização”, relata Grislaynne Valentim, mãe da criança com diabetes e que era uma das organizadoras do bazar. Ela acrescenta que “não falaram sobre o pagamento da taxa” quando buscou informações.

Portal do Oeste


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem