BANNER 1


A primeira ocorrência foi por volta das 10h30 de quinta-feira (19) em uma rua de acesso ao  Geraldo Melo, no Conjunto Malvinas.

Um homem identificado como Antônio Marcos Senhor, conhecido como "Marcos da Bodega", que morava no Conjunto Odete Rosado, foi encontrado morto com perfuração provocada por disparo de arma de fogo.

Segundo informações de familiares de Marcos, ele tinha inimigos naquela região e que estava na região para resolver um problema, o qual não foi relatado. A Polícia também informou que Marcos teve um irmão agiota assassinado há algum tempo na Feira do Bode em Mossoró.

No local, apesar de ter casas nas proximidades, ninguém quis dar informações sobre o ocorrido. A PM foi acionada para averiguar a situação, depois que as notícias sobre o crime se espalharam pelas redes sociais.

Segundo assassinato do dia

O preso de justiça em liberdade monitorada por tornozeleira eletrônica, Antônio Rafael de Lima Rodrigues, 24 anos de idade, foi executado com mais de 15 tiros após ter sua casa invadida por criminosos, na noite de quinta-feira (19), na Comunidade de Jucuri, às margens da BR 405 na zona rural de Mossoró.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, por volta de 22h40.

Segundo informações, quatro criminosos armados de pistola e escopeta calibre 12 chegaram na residência da vítima, localizada na Rua Francisco Fernandes da Silva a conhecida Estrada do Cajueiro, naquela comunidade, arrombaram a porta da frente a balas, invadiram o imóvel e executaram o preso de justiça.

Antônio Rafael ainda tentou se proteger dentro do quarto colocando o guarda roupa na porta para impedir o acesso dos criminosos, mas a porta e o móvel foram destruídos pelos disparos de escopetas.

Durante a ação dos atiradores, um filho do apenado, de 4 anos, que estava no quarto com o pai, foi baleado nas nádegas e no braço e socorrido para o Hospital Tarcísio Maia. As informações são de que a criança não corre risco de morte.

Após a ação criminosa, os atiradores fugiram do local e não foram identificados. A Polícia Civil, que acompanhou a perícia criminal, informou que o preso de justiça Antônio Rafael tinha condenação por crime de roubo e estava cumprindo pena no regime semiaberto, monitorado por Tornozeleira eletrônica.

Com mais esses homicídios, Mossoró chega a marca dos 209 homicídios em 2019. A investigação dos crimes ficará por conta da Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com informações do Blog Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem