BANNER 1


Mossoró registrou mais três homicídios na quinta-feira (26) e já contabiliza A cidade de Mossoró já contabiliza 219 assassinatos em 2019.

O primeiro aconteceu por volta das 23h na Rua Emílio Castelar, próximo ao colégio Ceamo, Bairro Bom Jardim.

A vítima, o ex-presidiário Milton Paulo da Cunha Silva, "Milton Magão" de 32 anos, foi morto em via pública com disparos de arma de fogo, possivelmente espingarda. Informações colhidas no local pela Polícia Militar, dão conta de que dois homens em uma moto chegaram e ao se aproximarem da vítima efetuaram os disparos.

A Polícia informou que Milton Paulo da Cunha Silva cumpriu pena no sistema prisional do estado por crime de tráfico de drogas (art. 33) e porte ilegal de arma de fogo (art. 14) e estava em liberdade condicional. Até o momento não há informações sobre motivação e autoria do crime.

No final da noite o flanelinha Ricardo Caldas Gonçalves, de 38 anos, e seu irmão Luciano Caldas Gonçalves, de 42, foram mortos durante um ataque a tiros, ocorrido na Rua Mestre Alpiniano na região denominada de Vargem, no Bairro Alto São Manoel.

Lucino Carlos estava sentado na calçada de sua casa, enquanto que seu irmão Ricardo caldas estava deitado em uma rede dentro da residência, quando um carro parou e os criminosos já desceram de armas em punho. Luciano correu para dentro de casa, mas os atiradores invadiram o imóvel e atiraram contra os dois irmãos.

De acordo com a polícia, os dois irmãos eram usuários de drogas, mas não tinham passagem pelo sistema prisional.Até o momento não há informações sobre a motivação do duplo homicídio e a identidade dos criminosos ainda é desconhecida.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem