BANNER 1


Mossoró teve saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada pelo sexto mês seguido. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) de novembro divulgados na última semana mostram o saldo positivo de 137 vagas de trabalho. Houve na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte 1.497 admissões e 1.360 desligamentos no penúltimo mês do ano.

O saldo positivo no emprego formal no município vem desde junho, quando, nos cinco primeiros meses de 2019, o número de demissões na cidade era maior do que o de contratações. Os destaques positivos ficam para os meses de agosto (+837), setembro (+521) e outubro (469), enquanto que fevereiro e março (-672) e janeiro (-376) lideraram os meses negativos no emprego formal.

No acumulado do ano, foram criados 759 empregos com carteira assinada. Ao todo, são 18.793 contratações ante 18.034 desligamentos. O setor que apresentou o melhor saldo positivo de empregos foi o de comércio, com a admissão de 482 funcionários e demissão de 383, gerando um saldo de 99 empregos de carteira assinada.

Os setores de construção civil e de indústria de transformação também se comportaram de forma positiva no 11° mês do ano. Na construção civil, foram feitas 253 contratações, enquanto foram realizadas 188 demissões (saldo de 65 empregos de carteira assinada). O setor de indústria de transformação se comportou da seguinte forma: 177 admissões e 138 demissões (saldo de 39 empregos formais).

Os setores de agropecuária, serviços, extrativa mineral, e administração pública apresentaram saldos negativos de empregos em Mossoró, no mês de novembro. Na comparação com o mês de outubro, houve uma significativa redução no número de empregos formais criados no município. Enquanto no mês de novembro, o saldo foi de 137 empregos formais, o mês anterior teve um saldo de 469 empregos de carteira assinada.

O Rio Grande do Norte criou 1.686 vagas formais de emprego em novembro. Esse é o primeiro saldo positivo para o mês nos últimos quatro anos. Os números foram divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. Ao todo, foram abertas 12.009 vagas enquanto outras 10.323 foram fechadas. No acumulado do ano, o Rio Grande do Norte soma 7.866 novas vagas de trabalho abertas

Pelo oitavo mês consecutivo, o Brasil tem saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Dados do Caged de novembro mostram o saldo positivo de 99.232 vagas de trabalho, resultado de 1.291.837 admissões e 1.192.605 desligamentos no período. No acumulado do ano, foram criados 948.344 empregos com carteira assinada. Das 27 unidades da federação, 21 tiveram variação positiva. São Paulo registrou o maior saldo positivo, com a geração de 23.140 novos postos; Rio de Janeiro, com 16.922, e Rio Grande do Sul, com 12.257.

Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem