BANNER 1


Pesquisa da IDC com brasileiros e mexicanos constatou que 75% dos usuários de aplicativos de mobilidade urbana fazem uso do recurso para fins de segurança. Por isso, apps dessa finalidade devem garantir o conforto de todos os usuários, seja através da fiscalização ou implementação de recursos.

A MobDrive se popularizou em Teresina, no Piauí. Com 1 ano e 3 meses de atuação, o aplicativo já tem potencial para expandir para todo o país até meados do segundo semestre de 2020, segundo seus idealizadores.

Para o nefrologista e fundador da MobDrive, Digeorgio Martins, “sabemos como funciona o mercado, o que nosso cliente quer, como quer ser atendido e que preço ele pode pagar”. Quanto à segurança, a MobDrive traz o Mob Mulher, o qual atende exclusivamente o público feminino. Além disso, há também um botão de pânico para casos de emergência ou de desconfianças.

Hoje, a MobDrive possui cerca de 8 mil motoristas cadastrados e mais de 10 mil instalações. A previsão é que este número tenha um crescimento exponencial em função da expansão do aplicativo. Além de atingir todo o Brasil, o app tem expectativas de se tornar internacional em 2021, atingindo cidades como Buenos Aires, Santiago, Assunção e Montevideo. A ambição do app visa também o mercado europeu e americano.

Agência Estado


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem