BANNER 1


Fevereiro começa violento em Mossoró. A cidade já registrou três homicídios no mês e o décimo segundo do ano. Na manhã de sábado 01 de fevereiro de 2020, na Rua Rodrigues Alves, próximo ao Vuco-Vuco, no Bairro Bom Jardim. O preso de justiça do regime semiaberto, Josion Miron da Silva, foi executado com cerca de 20 tiros. A vítima tinha acabado de sair de uma lanchonete na feira livre do Vuco Vuco e quando trafegava em um veículo Polo de cor preta, foi seguido por uma dupla de moto. Os dois homens de capacetes escuros, ao emparelhar com o carro, efetuaram cerca de 20 tiros de pistolas 9 milímetros e ponto 40.

Josion foi atingido e morreu na hora dentro do veículo. Os atiradores fugiram em sentido ignorado e não foram identificados.

Em agosto de 2018, a Josion Miron foi julgado pelo Tribunal do Juri Popular e condenado a 6 anos de prisão, em regime semi-aberto por um homicídio ocorrido no Bar do Romildo, em 2011, na zona rural de Mossoró. Em junho de 2019 ele e a mulher foram baleados durante uma tentativa de homicídio.

De acordo com informações da Polícia, ele também respondia na justiça por tráfico de drogas e teve um irmão assassinado no ano de 2016 em Mossoró.

Segundo homicídio

Na na noite de sexta-feira (31), o preso de justiça em liberdade condicional, Leonardo de Souza Morais, o "Queixinho", de 24 anos, foi baleado no Bairro Bom Jardim e morreu no Hospital Tarcísio Maia.

"Queixinho" estava na calçada de casa, na Rua Luiz Colombro, quando foi surpreendido por uma dupla de moto, que chegou e começou a atirar em sua direção. A vítima foi atingida com vários disparos de pistola calibre 380 e ainda chegou a ser socorrida por populares para o HRTM.

No início da tarde de domingo, 02 de fevereiro, Leonardo apresentou complicações em seu estado de saúde e acabou não resistindo a gravidade dos ferimentos e morreu.

Queixinho havia sido preso no dia 17 de março de 2019, acusado de crime de roubo majorado (art. 157, § 2º, II, do Código Penal), mas estava em liberdade após receber alvará de soltura expedido pela justiça.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem