BANNER 1


Por volta das 18h40 de terça-feira, 24 de março de 2020, no Projeto de Assentamento Oziel Alves, região da Maisa, na zona rural de Mossoró, Aldileno Lopes da Costa, o "Galego" de 44 anos de idade, natural de Natal, foi assassinado com cerca de seis disparos de arma de fogo na entrada de sua casa.

Segundo informações a vítima estava em casa com a mulher quando dois homens chegaram e chamaram pelo seu nome. Quando ele saiu para atender o chamado foi surpreendido e alvejado com vários tiros, não resistiu e morreu entre o portão de entrada e a área da casa.

Os criminosos fugiram após a execução e não foram identificados. Segundo a PM antes do crime, por volta das 18h00 o ex-marido da Mulher de Aldileno chegou na casa, pegou os dois filhos que tem com a ex e os levou, afirmando que eles não voltariam para dormir na casa com a mãe. 40 minutos depois os dois criminosos chegaram e executaram Galego.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. De acordo com a PM a vítima morava naquela região a cerca de 9 meses e há pucos dias havia se juntado com uma mulher e passaram a morar na casa onde ocorreu o crime.

No início da manhã desta quarta-feira, 25 de março de 2020, a Polícia Militar registrou mais um crime de homicídio em Mossoró.

Um homem conhecido como "Dedé da Sucata" foi baleado na cabeça, socorrido por populares em carro particular para o Hospital Tarcísio Maia, porém, diante da gravidade da situação, a vítima não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

As informações colhidas pela Polícia Militar são de que, por volta das 06h10, a vítima estava sentada na calçada de sua residência nas proximidades do Hospital Tarcísio Maia quando um homem aparentando ter mais de 50 anos chegou em uma moto, desceu, deixando o veículo com o motor ligado e seguiu por trás de uma caminhão que estava parado na via.

Ao se aproximar da vítima, o homem efetuou cerca de dois disparos de arma de fogo em sua direção. Dedé da Sucata, que não teve qualquer reação pois foi pego de surpresa, foi atingido na cabeça. Ele ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Ainda não há qualquer informações sobre a motivação do crime.

O assassinato de Dedé é o trigésimo sétimo ocorrido em Mossoró, neste ano de 2020

Com informações do blog Fim da Linha


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem