BANNER 1



Em virtude do avanço do Novo Coronavírus (COVID-19) no Brasil, com base nas orientações da Confederação e Federações que regem o setor varejista no País, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL), o Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (Sindivarejo) e Associação Comercial de Mossoró (ACIM), divulgam uma série de diretrizes em relação aos procedimentos que devem ser adotados pelos varejistas e prestadores de serviços para a prevenção e controle da pandemia. 

Esclarecemos que não há orientação de órgãos da saúde para o fechamento do comércio ou trabalho em horário reduzido. É preciso prudência e tranquilidade. O comércio de rua continuará funcionando regularmente.

Diante disso, as entidades orientam os seus associados que, em suas áreas de atendimento ao público, seja disponibilizado álcool em gel aos clientes, e que a limpeza de pisos, corrimãos, maçanetas e banheiros seja frequente e realizada com álcool 70% ou solução de água sanitária, entre outras diretrizes que seguem abaixo:

Atendimento ao Público

– O atendimento presencial deve ser feito a uma distância de pelo menos um metro entre as pessoas. As visitas fora do ambiente de trabalho devem ser substituídas pelo contato por meios digitais (vendas externas).

– As reuniões devem ser substituídas por contatos telefônicos, videoconferências, e-mails e redes sociais.

Colaboradores

– Os colaboradores que pertencem ao grupo de risco (idosos, diabéticos, hipertensos, pessoas com insuficiência renal e tenham doença respiratória crônica) devem, preferencialmente, ficar em função de retaguarda, protegendo-os do contato direto com o cliente.

– Devem fazer uso de utensílios estritamente individuas (copos, xícaras, talheres, etc.).

– Todos os colaboradores com suspeita de vírus devem, imediatamente, ficar em isolamento em suas residências.

Eventos e reuniões

– As entidades evitarão reuniões e eventos presenciais. Desta forma, todas as agendas previstas estão, temporariamente, canceladas.

– No lugar dos encontros presenciais, dar preferência às videoconferências e às chamadas telefônicas.

As entidades mobilizam esforços para conter a evolução da doença. Estamos realizando campanhas internas de prevenção ao COVID-19. Além disso, materiais de orientações será disponibilizado nas redes sociais e sites de cada entidade.

A CDL Mossoró, SINDIVAREJO e ACIM seguem as orientações emitidas pelo Ministério da Saúde. Essas diretrizes podem ser atualizadas a qualquer momento, em conformidade com a situação vigente. Mais do que um desafio, a luta contra o Novo Coronavírus pode ser a oportunidade de unir o Brasil em torno de uma causa comum!


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem