BANNER 1



Fortaleza começa a colocar em prática nesta sexta-feira (8) o chamado "lockdown", com medidas mais restritivas de tráfego e circulação de pessoas como forma de conter o avanço do novo coronavírus.

Esta é a terceira capital do país a adotar a medida, depois de Belém (PA) e São Luís (MA). Ao todo, são 15 cidades do Pará, do Maranhão e, agora, do Ceará. A estratégia impede a circulação de pessoas em espaços públicos, com exceção para os serviços essenciais.

O lockdown (termo em inglês para bloqueio total) tem sido sugerido por especialistas e analisado pelo poder público em outras cidades do país, como Rio de Janeiro, onde o sistema público de saúde está perto do colapso. Na próxima semana, começa a valer também para Niterói (RJ).

A medida mais restritiva de circulação de pessoas foi decretada pelo Governo do Ceará e pela Prefeitura de Fortaleza na última terça-feira (5) , com o objetivo de restringir a circulação de pessoas e evitar a disseminação do novo coronavírus. Um decreto municipal estabeleceu as medidas mais restritivas na capital, que concentra a grande maioria dos casos no estado, com mais de 9 mil casos e quase 700 mortes registradas na quinta-feira (07).





Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem