BANNER 1


Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró prenderam, na tarde de quinta-feira, 21 de maio de 2020, Breno de Oliveira Nunes, 18 anos, investigado por ter cometido um latrocínio (roubo seguido de morte) no dia 14 de maio em Mossoró. Durante a abordagem ao suspeito, foram encontradas com ele várias munições calibre 38.

De acordo com as investigações, os policiais da DEFUR, tendo a frente o delegado Rafael Arraes, constataram que Breno de Oliveira é apontado como um dos suspeitos de terem matado o técnico da operadora de telefonia OI, Aribanaldo Soares da Silva, de 49 anos, durante um assalto, crime ocorrido no Bairro Sumaré em Mossoró. (Clique AQUI e relembre o caso)

Após a prisão, o suspeito confessou que efetuou um disparo de arma de fogo contra a vítima, utilizando um revólver calibre 38 e que teve apoio de um amigo, que pilotou a motocicleta roubada, utilizada no dia do crime. De acordo com Breno de Oliveira, a vítima teria reagido ao roubo.

No momento da prisão, os policiais civis apreenderam com o suspeito doze munições calibre 38, um celular roubado e a quantia de R$ 220,00, que provavelmente foi obtido com a venda de aparelhos celulares roubados. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de porte ilegal de munição e resistência à prisão.

Breno de Oliveira foi conduzido até a Delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.  A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo WhatsApp DEFUR Mossoró 98135-1586.


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem