BANNER 1


Um pedaço da Lua, maior que as rochas trazidas à Terra pelos astronautas do programa Apollo, será colocado à venda pela famosa casa de leilões Christie’s.

O meteorito lunar, conhecido como NWA 12691, caiu no nosso planeta durante uma chuva de meteoros. Ele foi encontrado há dois anos no deserto do Saara, segundo comunicado à imprensa da casa de leilões.

O preço pedido gira em torno de US$ 2,5 milhões (R$ 13,7 milhões, na cotação de 30 de abril de 2020). A venda é privada, e não um leilão. Então, qualquer um com a soma “astronômica” poderá comprá-la imediatamente.

A rocha lunar pesa cerca de 13,5 quilos, e é o quinto maior pedaço da Lua presente na Terra, segundo o comunicado.

"Não há nem um punhado de meteoritos lunares maiores. Nada trazido de volta pelas missões Apollo é tão grande", disse por e-mail à CNN James Hyslop, chefe de ciências e história natural da Christie's. "É realmente uma oportunidade incrível para adquirir um espécime de classe mundial da Lua."

Segundo a casa de leilões, a rocha provavelmente saiu do nosso satélite natural após uma colisão com um asteroide ou um cometa. Ela então teve de viajar mais de 300 mil quilômetros através do espaço antes de chegar ao planeta. Cerca de outros 30 meteoritos caíram junto desta rocha no noroeste da África.

Meteoritos lunares são muito raros, e a Christie’s diz que, pelo que se sabe até agora, há somente 650 quilos dessas rochas na Terra.

"É uma ordem de magnitude maior que qualquer outro meteorito lunar que vendemos", disse Hyslop. "Todos os exemplos anteriores poderiam caber na sua mão, mas isso é 10 vezes maior."

A critério de comparação, astronautas da Apollo 16 trouxeram em 1972 uma rocha apelidada de “Grande Muley”. Ela pesava 11,7 quilos.

CNN Brasil


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem