BANNER 1


Com mais de 30 mortes por covid-19, o município de Areia Branca iniciou na segunda-feira (22) o que chama de "retomada gradual da economia". O processo de reabertura contou com a liberação do funcionamento do mercado público.

A prefeitura informou que o cronograma da chamada "retomada econômica com abertura gradual" está dividida em seis etapas. A primeira acontece na segunda-feira e terça (23), com o funcionamento do mercado público, papelarias e livrarias.

O Município lembrou que os estabelecimentos devem adotar medidas de segurança sanitária, como uso de máscaras e álcool em gel; e detalhou que o mercado público funcionará das 05h às 11h30, com restrição de circulação de pessoas, proibição de feira livre externa, e apenas funcionamento interno dos boxes.

Ainda de acordo com a prefeitura, a segunda etapa da retomada da economia segue nesta quarta (24) e quinta (25), liberando salões de beleza e barbearias. Na sexta (26), é a vez de depósitos, armarinhos e distribuidoras. Já do dia 28 à 30 ainda deste mês, abrem as lojas de eletrônicos, escritórios e de variedades.

Na quinta e sexta etapas, de 01 à 03 de julho, será liberado o funcionamento de lojas de móveis, eletrodomésticos, vestuários, calçados e brinquedos. E bares, lanchonetes e academias ainda terão a reaberturas definidas pelo Município, que reforça que poderá também determinar o adiamento ou o restabelecimento das fases, bem como o recrudescimento das medidas.

O mercado público na segunda-feira, conforme a prefeitura, sem aglomeração, com entrada limitada à 30 pessoas e com equipes aferindo a temperatura corporal do público e higienizando-os com álcool gel 70%. O Município diz ter dedetizado o local e prorrogou ainda o isolamento social rígido para o próximo dia 30.

Até o último boletim divulgado pela prefeitura, dia 18, a cidade contabilizava 505 casos confirmados da covid-19, sendo 369 curados, 96 tratando em casa, seis tratando em hospital e 34 óbitos confirmados.

Medicamentos

O Município diz também estar entregando à domicílio à pessoas do grupo de risco medicação de contenção à covid-19. A prefeitura disse que a medida faz parte do protocolo de tratamento para contenção do vírus, conforme orientação de doutores em infectologia da UFRN.

Jornal De Fato


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem