BANNER 1


O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro intimou, na sexta-feira (19), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para que preste depoimento na ação que investiga possíveis vazamentos da Polícia Federal na Operação Furna da Onça, realizada em 2018. A informação é do UOL.

Por ser senador e contar com foro privilegiado, a intimação, diz o site, deverá ser encaminhada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, a pedido do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial no Rio. Assim que receber a intimação, Flávio terá 30 dias para marcar seu depoimento.

O caso apura declarações feitas por Paulo Marinho em entrevista recente à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, onde afirmou que, na época em que Flávio era deputado estadual, tinha conhecimento prévio da operação que investigava o esquema de rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Na quinta-feira (18) pela manhã a PF prendeu Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, sob suspeita de atrapalhar as investigações. A prisão foi feita pela Polícia Civil e pelo Ministério Público dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. Queiroz estava na casa do advogado de Flávio e de Jair Bolsonaro, Frederick Wassef.

Congresso em Foco




Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem