BANNER 1


A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (24) a Operação Vértice, com o objetivo de realizar a prisão de Everton Fernandes Simão, o Vertinho do Ouro Negro.

O homem é suspeito de ser uma das lideranças de um dos braços do PCC, facção criminosa paulista que vem atuando fortemente na cidade de Mossoró.

Mais de 20 policiais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão preventiva na cidade, expedidos pela 8ª Vara Federal e 2ª Vara Criminal.

As investigações revelaram que o investigado, além de possuir estreita ligação com organização criminosa vinculada ao tráfico de drogas local, estaria supostamente envolvido no planejamento de ataques a agentes de segurança pública e agentes penais no Estado.

Everton também é suspeito de ter participado do homicídio do policial penal Federal Henry Charles, no ano de 2017.

Leia Também

Suspeitos de envolvimento na morte de agente penitenciário em Mossoró são presos pela PF

Vertinho do Ouro Negro ostenta antecedentes criminais, passagem pelo Sistema Penitenciário Federal e se encontrava monitorado por tornozeleira eletrônica, circunstância que não o impediu de continuar praticando crimes.

A Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado é coordenada pela Polícia Federal, com a atuação direta de policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC/Mossoró) e em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP) e com o Exército Brasileiro.

Apesar das restrições impostas pela pandemia, a Polícia Federal, a DENARC-Mossoró e as demais forças policiais seguem atuando em sintonia contra o crime organizado no Estado do Rio Grande do Norte.

Mossoró Hoje


Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem