sexta-feira, 19 de abril de 2019

Mossoroenses devem gastar mais nesta Páscoa, diz Fecomércio


Consumidores de Mossoró devem gastar mais nesta Páscoa. É o que aponta pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC) da Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (Fecomércio-RN).

Segundo o levantamento o consumidor mossoroense irá desembolsar em média R$ 88,70 (ano passado foi R$ 83,91).

Dos 500 mossoroenses que foram entrevistados, 58,4% pretendem comprar algum produto para presentear durante o período da Páscoa. O número constatado na pesquisa deste ano foi maior do que no ano passado (56,7%).

Conheça as diferenças entre os sintomas de dengue, gripe, febre amarela, zika e chikungunya


Os sintomas iniciais de febre amarela, dengue, gripe, zika e chikungunya são comuns a várias doenças infecciosas causadas por vírus, como dor no corpo, dor de cabeça e dor nas juntas. Mas a partir do segundo ou terceiro dia, o vírus procura os órgãos pelos quais tem afinidade e então os sintomas de cada doença se tornam mais característicos.

A febre amarela, provocada pela picada dos mosquitos Haemagogus ou Sabethes, que habitam região de mata, causa sintomas como febre com calafrio, dor de cabeça, dores musculares, mal estar e cansaço. A partir do terceiro dia, a maioria das pessoas já começa a apresentar melhora. No entanto, 15% desenvolvem complicações, entre elas hepatite e alteração do funcionamento dos rins e do coração, que podem levar à morte.

Para refletir...



"Os cemitérios estão cheios de gente insubstituível." (Charles De Gaulle)


quinta-feira, 18 de abril de 2019

Pesquisa aponta que Rosalba sofre desgaste pessoal e administrativo relevante


O Blog do Barreto publicou na quarta-feira (17) uma pesquisa fruto de uma parceria com o Instituto Seta (Natal), sobre quadro administrativo de Mossoró.

Em relação a aprovação do Governo Rosalba Ciarlini (PP), os resultados foram estes:

Justiça multa internauta por ofensas a nordestinos


A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) manteve a decisão que condenou um morador de Alto Vale do Itajaí, na região central do estado, por “discriminação e preconceito de procedência nacional contra nordestinos”. O internauta terá de pagar multa de R$ 5.724,00. A sentença fixou pena de dois anos de reclusão, em regime aberto, substituída por prestação de serviços à comunidade por igual período. As informações foram publicadas pelo site do tribunal catarinense nesta quinta-feira, 17.

A denúncia apontou que o homem xingou nordestinos no Facebook. “Os nordestinos são um bando de sem vergonhas (sic), que merecem morar em uma casa de barro, sem água, com muita poeira, merecem uma cesta básica, um copo de água e uma bolsa família (sic) porque são pessoas insignificantes, com cabeça pobre, que só ocupam espaço no planeta Terra.”

Volume de água no maior reservatório do RN tem a melhor marca dos últimos 4 anos


O volume de água no maior reservatório do Rio Grande do Norte alcançou a melhor marca dos últimos quatro anos, o que demonstra que as reservas hídricas do estado vêm se recuperando apesar dos últimos sete anos de chuvas abaixo da média histórica.

Segundo o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), em abril de 2015 a barragem Armando Ribeiro Gonçalves - que tem capacidade para até 2,4 bilhões de metros cúbicos - estava com 730,5 milhões (30,44% do total). Agora, de acordo com medição feita nesta quarta-feira (17), o volume atual é de 752,4 milhões, ou seja, 31,35% da capacidade total de armazenamento.

Abaixo, veja a evolução do nível de água na barragem (%):

Paixão de Cristo estreia nesta quinta-feira em Mossoró


A estreia do espetáculo Paixão de Cristo, no Santuário de Santa Clara, bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró, está confirmada para esta quinta-feira (18). A encenação começaria nesta quarta-feira (17), mas foi adiada por motivos técnicos. A peça ficará em cartaz até a Sexta-feira Santa (19).

O espetáculo começará às 19h, com entrada franca, ao lado da Escola Padre Sátiro Cavalcante Dantas (Rua Herondina Cavalcante Dantas, CEP 59.633-190). Padre Sátiro, aliás, é o coordenado geral do projeto “Artes, sim. Drogas, não”, que organiza a Paixão de Cristo, há 15 anos.

Ex-presidente do Peru morre após dar tiro na cabeça ao ser preso

O ex-presidente do Peru Alan García morreu na quarta-feira (17) durante cirurgia, depois de dar um tiro na cabeça ao receber ordem de prisão em sua casa, no bairro Miraflores, em Lima (Clique AQUI e relembre). Ele era acusado de corrupção em caso envolvendo a empresa brasileira Odebrecht. García foi levado com urgência ao Hospital Casimiro Ulloa, na capital peruana, mas não resistiu.

Governo do RN estuda reduzir gastos com locação de veículos e terceirização


A Controladoria-Geral do Estado e a Secretaria de Estado de Planejamento e das Finanças instituíram três grupos de trabalho com a finalidade de reavaliar as políticas de terceirização de mão-de-obra, locação de veículos, equipamentos e bens imóveis, pelo Poder Executivo do Governo do RN. Em 2018 esses gastos juntos chegaram a R$ 306 milhões.

O propósito do estudo, segundo o controlador-geral, Pedro Lopes, é reavaliar o modelo de funcionamento do Estado com vistas a entregar “no mínimo o mesmo resultado à população, com o menor custo possível”. Ele exemplifica: “O Governo gastou R$ 37 milhões locando veículos no ano passado, mas neste ano já entregamos muitos carros que julgamos desnecessários. Agora, se mantivermos a política de locação, podemos gastar cerca de R$ 100 milhões até 2022, então buscaremos a resposta se não é melhor comprar os veículos”.

Brasil registra queda de 25% nos assassinatos nos dois primeiros meses de 2019, e RN surge em 2º em redução



O Brasil teve uma queda de 25% no número de assassinatos nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal. Essa é a primeira parcial divulgada no ano.

De acordo com a ferramenta, houve 6.856 mortes violentas no primeiro bimestre de 2019. O dado só não comporta o Paraná. O governo do estado informa que os números de janeiro e fevereiro ainda estão sendo tabulados para posterior divulgação. Tirando o Paraná, houve 9.094 assassinatos no mesmo período de 2018. Ou seja, uma queda de 25%.