GOVERNO RN

quarta-feira, 25 de abril de 2018

PF quer transferir Lula da superintendência para unidade das Forças Armadas

PF pede à Justiça que Lula seja transferido da Superintendência de Curitiba
Lula está preso desde o dia 7 de abril, após condenação em duas instâncias no caso do triplex em Guarujá (SP)
A Polícia Federal (PF) confirmou nesta terça-feira (24) que solicitou à Justiça Federal a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da Superintendência de Curitiba.
O pedido foi protocolado no sistema eletrônico da Justiça Federal na sexta-feira (20).
O motivo, segundo a PF, é o custo que tem sido gerado para garantir a segurança do ex-presidente – cerca de R$ 300 mil ao mês com diárias, deslocamentos e servidores extras.
A PF também reclama da interferência na prestação de serviços e diz que a custódia é apenas provisória.
*G1 Curitiba

Comissão faz distribuição de matérias sobre prestações de conta do Governo

A Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (25) fez a distribuição das matérias relativas às prestações de contas do Governo do Estado, referentes aos exercícios de 2013, na administração da ex- governadora Rosalba Ciarline (PP) e 215 e 2016, nas administrações do atual governador Robinson Faria (PSD).
 Os relatórios encaminhados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou com ressalvas as contas referentes a 2013 e 2015 e reprovou por unanimidade do plenário daquela Côrte.
“Essas são matérias que estão sendo cobradas pela sociedade. Essa  é uma decisão que precisava ser tomada  e fizemos a escolha dos relatores com celeridade. Os relatores vão fazer a sua análise, nós vamos discutir e votar aqui na Comissão. Depois as matérias seguirão para o Plenário da Assembleia Legislativa, onde haverá a votação final”, disse o deputado Tomba Farias (PSDB), presidente da CFF.
                              

Concurso de redação propõe reflexão sobre a origem do Brasil



Com a proposta de despertar o conhecimento cultural do Rio Grande do Norte e de estimular o sentimento de pertencimento ao território potiguar nos estudantes do estado, o Governo do RN, por meio de uma parceria entre as secretarias estaduais de Educação (SEEC) e de Turismo (Setur), lançou nesta segunda-feira (23) o edital do “Tudo Começa Aqui - I Concurso de Redação das Escolas do RN”. Nesta primeira edição o tema central será “O Brasil nasceu aqui?”.
“Durante muitos anos esse conhecimento sobre o descobrimento do Brasil a partir do Rio Grande do Norte não teve a importância devida. Agora estamos resgatando isso e fazendo com que os próprios potiguares se apropriem dessa ideia, a de que o país possa ter começado por aqui. E nada melhor do que contar com a participação dos nossos alunos, que estão estudando o assunto em sala de aula. A iniciativa vai elevar a autoestima dos estudantes e abrir espaço para uma reflexão sobre o tema”, destacou o governador Robinson Faria.
A secretária de Educação do RN, Cláudia Santa Rosa, reforçou um ponto forte do concurso: a interdisciplinaridade. “Professores de língua portuguesa, história e geografia, por exemplo, podem promover rodas de debates e trazer mais informações sobre o tema aos alunos. Isso vai proporcionar ao estudante um leque maior de justificativas que irão embasar seu ponto de vista”, comentou Santa Rosa.

Golpista que inspirou filme 'VIPs' e mais dois são presos em Cuiabá por atestados falsos para progressão de regime

Marcelo Nascimento da Rocha cumpre pena em regime domiciliar com o uso de tornozeleira desde 2014, depois de passar quatro anos preso. Ex-assessor de juiz também foi preso na operação.

Condenado por vários crimes, Marcelo Nascimento da Rocha, cuja história inspirou o filme “VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso” e é considerado um dos maiores golpistas do país, foi preso nesta quarta-feira (25) durante a Operação Regressuspor apresentar atestados falsos para a progressão de regime.
A defesa de Marcelo VIP negou que ele tenha falsificado documentos e afirmou que o tempo de trabalho será comprovado.

*G1

General Villas Bôas é internado em Brasília

Comandante do Exército é atendido em hospital particular da Asa Norte.

General Eduardo Villas Bôas fala sobre a atuação das Forças Armadas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)General Eduardo Villas Bôas fala sobre a atuação das Forças Armadas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)General Eduardo Villas Bôas fala sobre a atuação das Forças Armadas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, de 66 anos, foi internado no Hospital Santa Helena, hospital particular da Asa Norte, no Distrito Federal, por volta das 6h desta quarta-feira (25).
Adriana Villas Bôas, filha do general, disse ao G1 que o pai está "muito bem de saúde". O Exército informou por meio de nota oficial que o comandante "realizou procedimento gástrico eletivo" e terá alta ainda nesta quarta e voltará ao trabalho nesta quinta (26).
O general está acompanhado por parentes e amigos. Dez pessoas estão autorizadas a visitá-lo no quarto.

*G1

"não existe transparência na Prefeitura de Mossoró”, acusa empresário Jorge do Rosário

Após o anúncio do governador do Estado, Robinson Faria, em visita à Mossoró de que somente em 2018 teriam sido enviados R$ 7,7 milhões à saúde na cidade, o assunto repercutiu em forma de polêmica devido aos problemas observados diariamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), por exemplo.
Os cidadãos, por sua vez, revoltam-se por não haver prestação de contas, sempre surgindo dúvidas sobre a destinação correta dos recursos. “A gente lê todos os dias notícias de que faltam medicamentos e que as UBS estão fechando por falta segurança ou mesmo pela falta de pagamento dos aluguéis dos prédios, como aconteceu durante essa semana e a gente se pergunta aonde está o dinheiro”, afirmou Jorge do Rosário, empresário e pré-candidato a deputado estadual pelo PR.
Nas redes sociais o retrato é de revolta. Um vídeo gravado pela professora Geruza Rêgo e publicado em seu perfil pessoal, esta semana, denunciando o caos na saúde e questionando o destino  do dinheiro enviado pelo Estado para a saúde em Mossoró teve enorme repercussão a nível municipal e ganhou mais de 500 compartilhamentos e 15 mil visualizações.
“Se me perguntam aonde a Prefeitura investiu R$ 7,7 milhões recebidos do Estado a gente não sabe informar porque tudo é mistério, não existe transparência na Prefeitura de Mossoró”, afirma Jorge, complementando: “saúde é coisa séria, tem que haver prestação de contas com o dinheiro que é do povo”, finalizou.

*Fonte: Assessoria de Imprensa

Beto Rosado viabiliza R$400 mil para UPA do Belo Horizonte

A Unidade de Pronto Atendimento Raimundo Benjamim Franco, no bairro Belo Horizonte, em Mossoró, receberá R$ 400 mil para serem investidos na aquisição de equipamentos e materiais permanentes da unidade. Os recursos foram destinados por meio de emenda parlamentar do deputado federal Beto Rosado (Progressistas). O Ministério da Saúde garantiu o envio dos valores, na manhã desta quarta-feira (24).
“Entendendo a necessidade de investir na Saúde dos municípios do nosso estado, o nosso mandato tem destinado a maior parte das emendas nesta área. E em Mossoró não poderia ser diferente. Entendemos as dificuldades que a prefeitura vem enfrentando neste processo de reestruturação da Saúde, e o que pudermos fazer para ajudar, nós faremos”, disse Beto.
Os recursos deverão ser investidos na aquisição de desfibriladores, eletrocardiogramas, reanimadores pulmonares, berços hospitalares, bombas de infusão, carros de curativos e transporte de materiais, camas hospitalares, ares-condicionados, balanças, televisores, computadores, equipamentos odontológicos, ventilador pulmonar, cardioversor, mesas de exames, laringoscópio, bebedouros, estetoscópios, entre outros equipamentos.

Novo itinerário de ônibus beneficiará trecho da João Marcelino

Ônibus do transporte coletivo de Mossoró atenderá nova área da cidade
O transporte coletivo de Mossoró contemplará, a partir de amanhã (26), novo trecho da Rua João Marcelino, na extensão entre o Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Nossa Clínica, e beneficiará também usuários de empreendimentos como Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Escolas Abel Coelho e Lavoisier Maia, TV Cabo Mossoró (TCM), entre outros.
A adequação da linha 02 (Abolições/Santa Delmira/Redenção), para atender essa área, foi decidida em reunião, anteontem (23), na Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, entre Prefeitura, transporte coletivo (Cidade do Sol), Escola Estadual Abel Coelho, Sesc e Senac.

Prefeitura realiza reparos emergenciais na malha viária


A Prefeitura de Mossoró realiza de forma emergencial uma operação tapa-buraco e as ações de pavimentação estão previstas para ocorrer em todos os bairros da cidade. Na terça-feira (24) as equipes se concentraram no Conjunto Vingt Rosado, com reparos na malha viária.

O trabalho é executado com recursos próprios do município e deve contemplar as ruas com trechos mais danificados. A ação só está sendo realizada nesses dias porque as chuvas cessaram, o que possibilita a atuação das equipes.

Vereador propõe lei que mostra, através de placas, o valor do aluguel de imóveis pelo Município


Na sessão dessa quarta-feira (25) o vereador Genilson Alves (PMN)  falou sobre um projeto de lei que irá apresentar nos próximos dias, na Câmara Municipal de Mossoró.

O projeto pretende determinar à prefeitura a colocação de placas nos prédios alugados pelo município. As placas deverão conter informações sobre o valor do aluguel.

A intenção é manter a população informada sobre os gastos públicos e pretende dar mais transparência aos contratos de locação realizados pela prefeitura.

“Com este projeto, a população poderá acompanhar o valor dos alugueis, poderá fiscalizar e identificar os prédios que são próprios do município e os que são alugados.”, explicou Genilson.

Veículos

Genilson cobrou ainda informações sobre a locação dos automóveis utilizados pela prefeitura. “Já solicitamos essas informações junto à prefeitura. Queremos saber quanto é gasto no aluguel de veículos.”, finalizou.